SAAE de Salto implanta tarifa social e vai reduzir 40% do valor da água para 2 mil famílias

Publicado em 6 dez 2013 por Imprensa SAAE Ambiental || Com 175 acessos

Benefício que passa a valer no dia 1º de janeiro integra decreto sobre a correção

O SAAE Ambiental (Serviço Autônomo de Água, Esgoto e Meio Ambiente) de Salto, com base no Decreto número 095 publicado no dia 3 de dezembro de 2013, vai oferecer desconto de 40% no valor cobrado da tarifa de água para duas mil famílias saltense que se enquadram na Tarifa Social.

A Tarifa Social faz parte do documento acima citado que trata do reajuste dos valores referentes ao consumo de água na cidade de Salto que passa a valer à partir do dia 1º de janeiro de 2014.

Com essa medida, as famílias que se enquadrarem nos padrões estabelecidos para ter direito a Tarifa Social passam a pagar um valor mínimo de R$ 16,55 para o consumo de até 10m³. Esse valor é R$ 11,03 mais barato que a tarifa mínima residencial e pública que será de R$ 27,58.

Para conseguir levantar o número de famílias que vão poder usufruir desse desconto, o SAAE Ambiental de Salto contou com o auxílio do serviço de assistência social oferecido pela Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania da Prefeitura da Estância Turística de Salto.

As famílias que tiverem o interesse em passar a pagar a Tarifa Social precisam atender uma série de determinações, como estar cadastrada no programa Bolsa Família, estar registrada no Cadastro Único para Programas Sociais e ter renda familiar de até R$ 1,6 mil. No caso de aposentado, o interessado precisa obedecer os critérios estabelecidos pela lei municipal 2681/2005 que trata do Desconto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Entretanto, o beneficiário que consumir acima de 40m³ por mês deixa de pagar a tarifa social e volta para a tabela residencial.

Para fazer com que a Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania não tenha que ficar responsável pelo serviço de avaliar as famílias que venham solicitar esse serviço, o SAAE Ambiental já estuda a contração de uma assistente social.

Correção

Após um ano e oito meses sem sofrer reajuste, a partir do dia 1º de janeiro de 2014 a tarifa básica de consumo mínimo de 10m³ que ainda é de R$ 24,87 passa a ser de R$ 27,58.

Essa diferença de R$ 2,71 representa apenas a correção da inflação medida no período pelo IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), que foi de 10,9%.

Segundo o superintendente do SAAE Ambiental Rodnei Bergamo, essa reajuste serve para que a autarquia possa apenas corrigir a inflação dos 20 meses em que a tarifa não foi reajustada.

Ao todo, o SAAE Ambiental de Salto obteve recursos e realizou investimento no montante de R$ 22 milhões.

^ Voltar ao topo!

<< Voltar à página anterior!

Mapa do site

Agência Reguladora ARESPCJ

saae ambiental - salto/sp

Rua Dr. Barros Junior, 165 – Centro – SALTO – SP – SP CEP: 13320-220
Tel./Fax: (11) 4602-6370 | Ouvidoria: (11) 4021-3234 | Plantão e/ou Emergência: (11) 4028-2569 ou (11) 4029-2377
contato@saaeambiental.sp.gov.br

Desenvolvimento: KR Comunicação Integrada || André Buzzo